10 de ago de 2010

A briga pelo pudim continua!


.

Meu irmão sempre foi muito chato para comida... não gostava disso e nem daquilo... só comia feijão, arroz, bife e ovo frito. Mas quando minha mãe fazia o seu delicioso pudim de leite condensado era uma briga!!! E não sei se por ser o caçula ou por ser enjoado para comer... a preferência era dele! ...E mamãe dizia que era o pudim de Glauco.

Porém um dia eu sai de casa, vim morar na Itália e pensei... "A-ha! Agora o pudim é meu!" - Mas o que não pensei é que teria que fazer as contas com meu marido, um devorador de doces de todo tipo!! E eis que mais uma vez eu dancei... o pudim passou a ser dele. E sai até briga, porque se deixar ele come tudo de uma vez!!

Quando vamos ao Brasil na casa dos meus pais é que acaba sendo engraçado; cada um quer o seu pudim!! Justo, assim não tem briga e todos podem comer!

Na Itália este doce é chamado de Creme Caramel, fior di latte (flor de leite) ou latte alla portoghese. Sem falar que aqui eles raramente usam o leite condensado na preparação de doces e por isso o pudim é preparado com 4 ovos + 4 gemas, além de 1 litro de leite e 400gr de açúcar!

A receita abaixo eu encontrei no site da Nestlé, é simples e é muito fácil fazer. Então... vamos lá!

Ingredientes:

Calda - 1 xic chá de açúcar

Pudim
- 1 lata de Leite Moça
1 medida (da lata) de leite
3 ovos

Mãos à obra:

Calda - em uma panela de fundo largo derreta o açúcar até ficar dourado. Junte meia xícara (chá) de àgua quente e mexa com uma colher. Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar. Forre com a calda uma forma com furo central e recerve.

Pudim - Bata todos os ingredientes do pudim no liquidificador e despeje na forma reservada. Asse em banho-maria, em forno médio (180°C), por cerca de 1 hora e 30 minutos. Depois de frio, leve para gelar por cerca de 6 horas. Desenforme e sirva a seguir.

Dica:
O pudim desenforma melhor quando frio. Para saber se o pudim já está assado espete-o com um garfo ou faca, esta deve sair limpa.

E não tem jeito... passam os anos mas... A briga pelo pudim continua!

Buon appetito!

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário